Site Meter O Cromo dos Cromos

 

Cromo nº 2082 - Dreiffus


Dreiffus

Chegou a Portugal e a Aveiro, com o Beira-Mar ainda na 2ª Divisão. Estreou-se no nosso principal campeonato pelos aveirenses em 1988/89, mas na temporada seguinte, rumou a Santo Tirso, onde ficaria durante cinco épocas. Quem se lembra deste extremo brasileiro, o Dreiffus?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2081 - Emanuel


Emanuel

Ao ser chamado por John Toshack, com apenas 17 anos, para o banco de suplentes (de onde não saiu) logo de um dérbi entre Sporting CP e SL Benfica, augurava-se um grande futuro para mais um produto das escolas "leoninas". Avançado de origem senegalesa, só voltaria a "aparecer" na temporada seguinte, ao serviço do SC Covilhã, onde se estreou na 1ª Divisão. No nosso principal campeonato, ainda representou o GD Chaves, acabando por terminar a carreira, no Luxemburgo. Quem se recorda do Emanuel?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2080 - Saraiva


Saraiva

Nascido na Régua, foi no clube da terra que se iniciou. Aos 22 anos chegou à 1ª Divisão, onde fez três excelentes épocas no Caldas SC, o que veio a despertar a atenção do SL Benfica. Nas "águias" viria a ser campeão nacional (três vezes), a vencer a Taça de Portugal e ainda a Taça dos Clubes Campeões Europeus. Que mais nos podem dizer sobre o António Saraiva?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2079 - Valente


Valente

Internacional angolano, depois Beneditense, SC Campomaiorense e FC Alverca, passou por Espanha e pelo Levante, antes de se estrear na 1ª Divisão ao serviço dos ribatejanos. No nosso país, ainda representaria o CD Nacional, antes de terminar a carreira no Rio Ave FC. Valente, que sofreu 3 AVC's nos últimos anos, vive hoje com grandes dificuldades e o nosso blogue não podia deixar de o relembrar...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2078 - Zé Roberto


Zé Roberto

Chegou a Portugal a meio da época de 2000/01, vindo do São Caetano e brilhou a grande altura. Em apenas 17 jogos, fez 12 golos no nosso principal campeonato, marcando inclusivamente aos três chamados "grandes". Depois da época de estreia, começou progressivamente a "apagar-se", passou ainda por FC Alverca e Naval 1º Maio, antes de ser campeão nacional da 2ª Divisão, pelo SC Beira-Mar. Lembram-se do Zé Roberto?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2077 - Augusto


Augusto

Despontou na 1ª Divisão ao serviço do Boavista FC, mas seria no SC Espinho que fez história, ao apontar o primeiro golo dos "Tigres da Costa Verde" no nosso principal campeonato. Ao bater Torres (V. Setúbal), este antigo extremo direito, deu também aos espinhenses, a sua primeira vitória de sempre entre "os grandes". Que mais nos podem dizer?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2076 - Lino


Lino

Formado nas escolas do FC Porto, chegou à 1ª Divisão com a camisola do Varzim SC rotulado como um rápido e tecnicista extremo. Ao longo dos anos, este internacional pela Guiné Bissau, foi recuando no campo e acabou mesmo por se fixar como defesa direito. Por cá, ainda representou o CS Marítimo, o Portimonense SC e o SC Lusitânia, antes de rumar ao estrangeiro. Lembram-se dele?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2075 - Prieto


Prieto

Natural de Braga, foi em Coimbra e ao serviço da Académica que se estreou no nosso principal campeonato. Avançado que passou quatro épocas ao serviço do Atlético CP e onde chegou a marcar ao FC Porto, viria a terminar a carreira no Benfica de Castelo Branco. Que mais nos podem dizer sobre o Prieto?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2074 - Aloísio


Aloísio

Brasileiro que chegou do Ceará em 1982/83, estreou-se no Vitória de Setúbal logo numa partida frente ao FC Porto. Com a saída de Rodrigues Dias do comando dos sadinos, acabou por perder espaço na equipa. Estaria mais uma temporada no Bonfim, passando posteriormente por Almancilense e Macedo de Cavaleiros. Quem se recorda do Aloísio?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2073 - Pedro Roma


Pedro Roma

Com mais de duas décadas de ligação à Académica, este antigo guarda-redes é um histórico da Briosa, contudo, foi em Barcelos e ao serviço do Gil Vicente FC que se estreou na 1ª Divisão, depois de ter representado o SL Benfica. Com mais de 200 jogos no nosso principal campeonato, ainda representou entre os "grandes", o SC Braga durante uma época. Lembram-se do Pedro Roma?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2072 - Altafini


Altafini

João José Altafini. Avançado nascido em Piracicaba, foi um dos grandes goleadores do futebol mundial nos anos 50/60. Dos poucos jogadores a representar duas selecções distintas em Campeonatos do Mundo, chegando a conquistar o título mundial, pelo Brasil em 1958. Com passagens, entre outros, por Palmeiras, Napoli e Juventus, foi no AC Milan que viveu os seus melhores dias, tendo sido inclusivamente Campeão Europeu em 1962/63, na final contra o SL Benfica em Wembley. Que mais nos podem dizer sobre ele?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2071 - Varela


Varela

Foi o jogador mais utilizado na única época do GC Alcobaça na 1ª Divisão. Uma bela temporada de estreia, a nível individual, levou-o até o FC Porto. Nos "dragões" acabaria por nunca ser escolha de José Maria Pedro, nem posteriormente de António Morais. No nosso principal campeonato, ainda passaria pelo Varzim SC e o SC Farense, antes de terminar a carreira na UD Guarda. Lembram-se do Varela?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2070 - Reid


Reid

O “Cromo dos Cromos” feito pelos leitores. Cromo escolhido na votação do "Cromo do Mês - Julho/Agosto 2016."

Destacou-se no Bolton Wandererss, mas foi no Everton FC que alcançou as suas maiores conquistas. Campeão inglês (duas vezes) e vencedor de uma Taça das Taças pelos "tofees", este internacional inglês, foi um dos melhores médios da sua geração. Uma vez que Peter Reid, foi a escolha da maioria dos leitores, falem-nos dele...


Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2069 - Chaínho


Chaínho

E como já andamos todos "chaínhos" de calor, é tempo de irmos de férias e voltarmos a 1 de Setembro. Mas antes de "irmos a banhos", deixamos aqui mais um excelente cromo, de uma das mais belas colecções dos anos 70. Fernando Chaínho, apenas esteve uma temporada na 1ª Divisão e a sua utilização no CD Montijo foi escassa, de qualquer forma, foi o suficiente para o seu cromo ficar na nossa memória e hoje aqui o partilharmos. Boas férias!

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2068 - Artur Correia (II)


Artur Correia

Começou a carreira no Futebol Benfica e viria a estrear-se no nosso principal campeonato pela Académica. No SL Benfica, clube que sempre assumiu ser o seu, passou seis temporadas, antes de criar sensação, ao mudar-se para o grande rival Sporting CP 1977/78. O antigo defesa lateral, ainda teve uma experiência no estrangeiro, quando representou na NASL, os Boston Tea Men. Foi o primeiro entrevistado do nosso blogue - http://bit.ly/RvcwYB - e no momento em que parte, não poderíamos deixar de o voltar a recordar. Até sempre, Artur! Até sempre, campeão!

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2067 - Fernando


Fernando

Bigodaça e cabaleira farta à boa moda do "O Cromo dos Cromos", assim se apresentava este antigo extremo esquerdo. Natural de Matosinhos, foi no Leixões SC que se destacou, fazendo cinco temporadas no nosso principal campeonato. Com mais de 140 jogos na 1ª Divisão, ainda passaria, entre outros, por Rio Ave FC e Varzim SC. Que mais nos podem dizer sobre o Fernando?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2066 - Poeira


Poeira

Passou quase toda uma carreira ligado ao SC Olhanense, há excepção das duas temporadas que fez em Aveiro, a convite de Fernando Cabrita. Histórico dos "rubro-negros" fez mais de 60 jogos no nosso principal campeonato, apontando apenas um golo, mas logo num "clássico" frente ao rival SC Farense. Lembram-se do João Poeira?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2065 - Matos


Matos

Das escolas do FC Porto, viria a estrear-se na 1ª Divisão pelo FC Barreirense em 1972/73 e ser um dos guarda-redes do GD Riopele na estreia e única participação dos homens da Pousada de Saramagos no nosso principal campeonato. Com passagens, entre outros, por FC Famalicão, AD Fafe e SC Espinho, este antigo guarda-redes ainda foi internacional sub-18. Que mais nos podem dizer sobre o Matos?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2064 - Vítor Silva


Vítor Silva

Conhecido pelos seus golos em "salto de peixe", foi um dos primeiros grandes avançados de centro do futebol português. Campeão Nacional por duas vezes ao serviço do SL Benfica, seria o primeiro jogador nacional a apontar um golo nos Jogos Olímpicos. Que mais nos podem dizer sobre... Vítor Silva?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2063 - Justino (II)


Justino

E em semana de campeões, terminamos com o treinador de guarda-redes da nossa Selecção Nacional no Euro 2016. No Sporting CP desde os iniciados, viria a estrear-se no nosso principal campeonato, com a camisola da UD Leiria. Ligado ao CF "Os Belenenses" durante 8 épocas, ainda passaria por clubes como: RD Águeda, Amora FC e Atlético CP. Lembram-se do Justino?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2062 - Rosário


Rosário

Formado no Sporting CP, seria na Académica que este médio se viria a estrear na 1ª Divisão. Internacional sub-16 pelo nosso país, passou ainda e entre outros, por Académico Viseu, Estrela Amadora e Estoril Praia. Adjunto de Fernando Santos no Euro 2016, é ele também Campeão Europeu!

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2061 - Fernando Santos (II)


Fernando Santos

Obrigado Engenheiro ! Hoje, não temos mais para escrever do que isto. Obrigado Fernando Santos! Somos Campeões da Europa!

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2060 - Deschamps (II)


Deschamps

Como futebolista, foi um excelente médio que ganhou tudo (ou quase) o que havia para ganhar e passou entre outros por Olympique Marseille, Juventus e Chelsea. Como técnico só temos que não o deixar repetir o feito que teve como jogador, o ter sido campeão europeu de selecções. Que podem dizer sobre Didier Deschamps, o técnico do nosso adversário na final do UEFA Euro 2016?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2059 - Coleman


Coleman

Dentro de campo jogava à defesa, comandando do banco nem por isso. Destacou-se no Swansea City, clube da sua terra natal e passaria ainda por clubes como: Crystal Palace, Blackburn Rovers e Fulham, onde viria a iniciar a sua carreira como treinador. Que mais nos podem dizer sobre, Chris Coleman, seleccionador do País de Gales, que hoje defronta Portugal nas meias-finais do Euro 2016?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2058 - Pembridge


Pembridge


Foi o primeiro jogador galês a actuar em Portugal. Em Agosto de 1998, estreou-se em grande estilo pelo SL Benfica, ao apontar dois golos numa goleada ao Beitar de Jerusalém numa pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Por cá, apenas ficaria uma temporada e na sua carreira, ainda representaria, entre outros, Derby County, Sheffield Wednesday e Everton. Quem se lembra de Mark Pembridge?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2057 - Brolin


Brolin

O “Cromo dos Cromos” feito pelos leitores. Cromo escolhido na votação do "Cromo do Mês - Junho 2016."


Pequeno e talentoso médio sueco, brilhou no Euro 92 e no Mundial 94 ao serviço da sua selecção. Passou grande parte da sua carreira no Parma FC onde venceu uma Taça das Taças e ainda esteve por Inglaterra no Leeds United e no Crystal Palace. Uma vez que Tomas Brolin, foi a escolha da maioria dos leitores, falem-nos dele...


Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2056 - Nawalka


Nawalka

Foi uma grande promessa do futebol polaco nos anos 70 até as lesões terminarem precocemente com a sua carreira. Brilhou no Mundial de 1978 realizado na Argentina, onde fez 5 dos 6 jogos dos polacos e foi considerado um dos melhores jovens do certame. Que mais nos podem dizer sobre Adam Nawalka, o treinador do próximo adversário de Portugal no UEFA Euro 2016?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2055 - Fua


Fua

Fernando José Gomes Pinto, nome de guerra: Fua. Internacional angolano que se formou no Boavista FC, acabaria por se estrear no nosso principal campeonato ao serviço do SCU Torreense, pela mão de Manuel Cajuda. Verdadeiro "saltimbanco" do nosso futebol, representou 17 clubes na sua carreira, sendo que foi em Leiria que mais se destacou entre 1994 e 1997. Lembra-se deste pequeno e irrequieto extremo?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2054 - Zivanovic (II)


Zivanovic

Formado no poderoso Estrela Vermelha de Belgrado, chegou a Portugal em 1991 para representar o CF União da Madeira, vindo dos austríacos do Grazer AK. Passou pelo nosso país mais de década e meia como jogador e além dos unionistas ainda representou o CD Nacional. Goran Zivanovic, faleceu esta semana aos 55 anos. Que descanse em paz...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2053 - Storck


Storck

Não teve como futebolista, uma carreira com grande expressão. Aliás nem em duração da mesma foi grande, pois com apenas 26 anos "pendurou as chuteiras", mas este antigo defesa alemão, cruza-se hoje na história do futebol português, como técnico do nosso adversário, a Hungria. Apelamos aos nossos especialistas por mais informações sobre Bernd Storck e já agora, pelos prognósticos para a partida de hoje...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2052 - Paulo


Paulo

Formou-se no GD Estoril Praia e pelos "canarinhos" fez cinco temporadas no nosso principal campeonato. Em 1985/86 e com apenas 25 anos, abandonou o futebol e dedicou-se ao futsal, representando o Sporting CP até 1996/97, chegando mesmo a ser internacional por Portugal. Recordam-se do Paulo ou Paulo Mendes como era conhecido nos pavilhões?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2051 - José Maria


José Maria

Estreou-se no GD Estoril Praia mas foi na CUF que passou mais de uma década no nosso principal campeonato. Foi o guarda-redes que entrou a substituir Gama, que já tinha sofrido cinco golos no Estádio da Luz, naquela famosa última jornada de 1958/59, quando o FC Porto jogava à mesma hora em Torres Vedras. Lançado a meia hora do fim por Cândido Tavares, José Maria sofreu "apenas" dois golos (um deles de penálti) e acabou por ser parte vital na decisão do título nacional...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2050 - Koller


Koller

Possivelmente desconhecido para a maioria, este antigo médio suíço dedicou toda uma carreira ao Grasshoppers. Em tempo de Euro 2016, trazemos à nossa caderneta, aquele que é o seleccionador do nosso próximo adversário, a Áustria. Digam-nos o que sabem sobre Marcel Koller e já agora, sobre a estreia da nossa Selecção...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2049 - Acácio


Acácio

Médio formado no SC Espinho, foi no Boavista FC que conquistou duas Taças de Portugal e passou cinco épocas da sua carreira. Na 1ª Divisão, ainda regressaria a Espinho e representaria também o FC Famalicão. Em finais dos anos 70 juntou ao nome, o apelido Casimiro, tornou-se treinador e já passou por uma dezena de países, tendo sido inclusivamente campeão marroquino. Que mais nos podem dizer sobre o Acácio Casimiro?

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2048 - Keshi


Keshi

Capitão da selecção da Nigéria no Mundial 1994, era conhecido no seu país como o "Big Boss". Na Europa, dividiu a sua carreira por Bélgica e França, tendo representado entre outros, o Anderlecht e o Strasbourg. Já como técnico, levou as "Super Águias" à conquista da CAN em 2013 e aos oitavos-de-final do último Mundial no Brasil. Stephen Keshi faleceu esta semana aos 54 anos. Que descanse em paz...

Comentários | Facebook

 

Cromo nº 2047 - Pizzi


Pizzi

Destacou-se no Tenerife, mas foi no FC Barcelona que conquistou os seus principais títulos. Nascido em Santa Fé na Argentina, ainda representou a selecção de Espanha no Euro 96 e no Mundial 98. Passou por Portugal, onde apesar de fazer apenas 4 golos em 16 jogos, ainda contribuiu para a conquista da Taça de Portugal pelo FC Porto. Lembram-se de Juan Antonio Pizzi, o actual seleccionador do Chile?

Comentários | Facebook